Vacinas para crianças de 1 a 16 anos

O processo de prevenção de doenças é contínuo. Para crianças de até 10 anos, as primeiras vacinas devem ser reforçadas, além da aplicação contra varicela e HPV.

Imagem sobre "Vacinas para crianças de 1 a 16 anos"

O processo de prevenção de doenças é contínuo: até os 16 anos, além de tomar as doses de reforço das vacinas iniciadas antes do primeiro ano, a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) indica a aplicação das vacinas de varicela, hepatite A e reforço das vacinas meningocócica C, triviral, difteria, tétano, coqueluche e pólio inativada.

Conheça também:

Leia abaixo mais conteúdos relacionados:

Imagem sobre "Vacinas diferenciadas para saúde ocupacional"

Vacinas diferenciadas para saúde ocupacional

O processo de vacinação também deve ser feito levando em consideração a área de atuação profissional de cada pessoa. Confira!

Saiba mais

Imagem sobre "Vacinas diferenciadas para as mulheres"

Vacinas diferenciadas para as mulheres

As mulheres devem ficar sempre atentas às vacinas diferenciadas para elas, de acordo com a faixa etária.

Saiba mais

Imagem sobre "Vacinas para adolescentes e adultos"

Vacinas para adolescentes e adultos

Jovens e adultos devem ficar atentos à carteira de vacinação. Se já está completa e precisa de reforços e, aos adolescentes, é recomendada a aplicação da dTpa-R.

Saiba mais

Fique ligado

Cadastre seu e-mail para receber informações sobre a saúde: