9 mitos e verdades sobre vacinas

Você sabia que a vacinação é responsável por evitar até três milhões de mortes por ano em todo o mundo? Fique sabendo quais são os mitos e verdades sobre as vacinas.

Imagem sobre "9 mitos e verdades sobre vacinas"

Você sabia que a vacinação é responsável por evitar até três milhões de mortes por ano em todo o mundo? A informação é da Organização das Nações Unidas. Apesar disso, existem muitas dúvidas sobre vacinação e decidimos fazer um texto sobre isso. Há muito tempo circulam questionamentos sobre a imunização que precisam ser tratados com seriedade. Confira os mitos e verdades sobre esse assunto que preparamos para você:

Vacinas causam autismo

É mito! Acredite se quiser: esse foi um dos questionamentos mais antigos sobre vacinação infantil. Foi realizado até um estudo sobre isso e hoje essa informação é mais que irreal. A vacinação infantil contribui muito para a imunização dos pequenos.

Vacinas não imunizam totalmente contra doenças

É verdade. As vacinas não garantem proteção total, mas a maioria tem 95% de efetivação contra as doenças. Já falamos uma vez sobre isso: é melhor prevenir, que remediar, não é mesmo?

Alguns grupos de pessoas precisam de vacinas específicas

Verdade! Os profissionais da saúde, as pessoas que viajam com frequência e alguns outros grupos de pessoas – chamados grupos especiais (cardiopatas, hemofílicos, HIV positivos, entre outros) – também têm recomendações para tomarem vacinas específicas.

Vacinas demais atrapalham o sistema imunológico das crianças

Mito! Se isso fosse verdade não seriam recomendadas pela Organização Mundial de Saúde as vacinas para os pequenos. O sistema imunológico infantil é capaz de responder a mais ou menos 100 bilhões de antígenos ao mesmo tempo!

Existem vacinas que são desnecessárias?

Mito! As vacinas disponíveis no Brasil são definidas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) e corresponde ao conjunto de vacinas prioritárias à saúde pública brasileira. Ou seja, tudo que é solicitado no cartão vacinal é importantíssimo para manter você longe de qualquer doença de grande risco em nosso país.

Uma vez imunizado, não é preciso tomar a vacina novamente?

Mito. Algumas vacinas precisam de mais de uma dose para terem o efeito necessário. Isso porque a proteção pode ficar comprometida, limitando seu tempo de imunização contra alguma doença.

Não tem problema tomar vacina repetida caso eu não me lembre de ter tomado?

Verdade. A melhor medida a fazer nesses casos é conferir a carteirinha de vacinação, mas se você a perdeu ou pensou estar vacinado e não está registrado, o melhor é se vacinar, mesmo que novamente.

A vacina faz pegar a doença que ela previne?

Mito! As vacinas contêm os vírus ou bactérias mortos, impossíveis de estimular a doença, apenas a sua imunização.

Se perder o cartão de vacinas, tenho que tomar todas de novo?

Verdade! É importante o registro de que a vacina foi aplicada. Se você se vacinou em uma clínica privada, provavelmente o local terá em registro um histórico das suas vacinas, não precisando tomá-las novamente. Porém, a rede pública ainda não informatizou seus dados e, por isso, caso tenha se vacinado sempre nos postos de saúde, precisará tomar as doses recomendadas para adultos novamente.

 

Ficou com mais alguma dúvida sobre vacinação? Mande sua pergunta aqui nos comentários, iremos responder o mais rápido possível!

 

Conheça também:

Leia abaixo mais conteúdos relacionados:

Imagem sobre "Tire suas dúvidas sobre vacinação"

Tire suas dúvidas sobre vacinação

Tem curiosidade para saber como funcionam as vacinas e quando elas devem ser aplicadas? Confira!

Saiba mais

Fique ligado

Cadastre seu e-mail para receber informações sobre a saúde: