Tire suas dúvidas sobre vacinação

Tem curiosidade para saber como funcionam as vacinas e quando elas devem ser aplicadas? Confira!

Imagem sobre "Tire suas dúvidas sobre vacinação"

As vacinas são constituídas por agentes patógenos que, ao entrarem em contato com nosso organismo, estimulam uma reação no sistema imunológico para a formação de anticorpos, fazendo com que o nosso organismo se torne imune ao principal agente da vacina.

Existem dois tipos de aplicação para as vacinas: por injeção ou via oral. Em todos os casos, elas agem da mesma maneira: após a aplicação da vacina, nosso corpo trabalha como se o agente realmente fosse um vírus ou bactéria ativos, criando a defesa necessária para quando houver uma contaminação real.

Quando devemos ser vacinados?

Não são só as crianças que devem ser vacinadas: jovens, adultos e idosos também merecem total atenção, tanto quanto os pequenos. Existem muitas vacinas importantes na idade adulta, como por exemplo DTP, que protege contra a difteria, tétano e a coqueluche.  

Os idosos precisam se proteger contra pneumonia, gripe, tétano, herpes zóster e meningites. Já as mulheres em idade fértil precisam garantir proteção contra rubéola, gripe e tétano, para não causar doenças aos bebês quando estiverem grávidas.

Além desses públicos, existem outros que também merecem atenção, como os profissionais da saúde, pessoas que viajam com frequência e outros, denominados “grupos especiais” (cardiopatas, hemofílicos, HIV positivos, entre outros), que têm recomendações para tomarem vacinas específicas.

Como saber se estou imunizado?

Essa é uma dúvida muito comum de quem se vacina. A única forma de comprovar se alguém está imunizado ou não é com a apresentação do registro da vacina na carteirinha. O Ministério da Saúde só considera vacina válida aquela em que o registro foi credenciado corretamente por uma corporação autorizada. Só assim para ter real certeza de que você está imunizado.

Não tenho carteirinha de vacinação! E agora?

O cartão de vacinação é bastante frágil e, por isso, é muito comum perdê-lo com o passar do tempo. Não que seja descuido, mas acontece, não é mesmo?

Caso você não tenha o seu cartão e não se lembra se tomou alguma vacina, o melhor a fazer é se vacinar, mesmo que repetidamente.

“É melhor prevenir que remediar”

É fato: ninguém gosta de ficar doente! Por isso, nossas avós já diziam: “é melhor prevenir que remediar”. E essa é principal função das vacinas: proteger o corpo antes do surgimento de doenças causadas por vírus e bactérias, que são capazes de afetar seriamente a nossa saúde.

 

Terminou de ler o texto e tem mais alguma dúvida? Deixe seu comentário e iremos te responder!

Conheça também:

Leia abaixo mais conteúdos relacionados:

Imagem sobre "9 mitos e verdades sobre vacinas"

9 mitos e verdades sobre vacinas

Você sabia que a vacinação é responsável por evitar até três milhões de mortes por ano em todo o mundo? Fique sabendo quais são os mitos e verdades sobre as vacinas.

Saiba mais

Fique ligado

Cadastre seu e-mail para receber informações sobre a saúde: